….de listas negras e Reinaldo Azevedo (olha quem está falando)….

Colunista nominou
juízes por crítica a associação

 

Após ser
nominalmente criticado ao vivo pelo jornalista José Trajano (ESPN), entre os
alimentadores do ódio na imprensa, o blogueiro de Veja e agora colunista da
Folha de S. Paulo andou dizendo que estava sendo submetido a uma verdadeira “lista
negra” –citado que foi, ainda, em crítica de um líder partidário.

A vitimização,
todavia, não cabe ao blogueiro.

Em 01/02/11, ao
fim de um artigo iracundo em seu blog, com que desferiu inúmeras e grosseiras
críticas à Associação Juízes para a Democracia, Reinaldo Azevedo lança ao final
de seus impropérios, o nome de todos os juízes que aparecem no site da
associação, como forma de provocar a indevida exposição aos milhares de seus
seguidores, antecedido da seguinte advertência:  

Você tem o direito de saber quem aparece no
“Expediente” da página da Associação Juízes para a Democracia. Você tem o
direito de saber quais são as pessoas que, num tribunal, também se consideram
abaixo dos que rompem “com o estereótipo da alienação, e alimentados de
esperança, insistem em colocar o seu ousio e a sua juventude a serviço da
alteridade, da democracia e do império dos direitos fundamentais.”

A diferença, uma
enorme diferença, é que Trajano cita jornalistas que são amplamente conhecidos
e dá nomes a bois que eram absolutamente desnecessários –tamanha a vinculação
entre as ideias que criticou e os artigos na grande imprensa. O que, de fato,
não trazia qualquer similaridade com os juízes que pretendeu marcar com sua
fúria.

Eu não saí entre
os nomes citados, por não fazer parte da diretoria da entidade, mas respondi em
artigo na coluna do Terra Magazine, após crítica de outro jornalista, publicada
na versão impressa da revista.

 

O artigo de Reinaldo Azevedo pode ser encontrado aqui.

O artigo com que respondi, aqui.
Não há comentário.

Deixe uma resposta