….nossas morais….

 

sem que tua moral/ faça da minha
moral/ uma moral criminal!

 

 

Luis Carlos Valois é juiz no
Amazonas, titular da Execução Penal de Manaus, mestre e doutorando em Direito
Penal pela USP. Profundo conhecedor das mazelas do sistema penitenciário e crítico
contumaz da intensa seletividade do direito penal, Valois tem se dedicado
também às poesias, nas redes sociais. Esta que segue, escolhida para a nossa
seção “Cultura Sem Juízo –as penas da lei”, expõe uma defesa intransigente da diversidade
e alteridade tão pouco encontradiça entre nós: “permitindo à moral/ à moral de qualquer um/ ser simplesmente
moral

 

Nossas Morais

 
Se tua moral me permite

 o que define a minha moral,

 quando a tua moral vesga,

 não está olhando a minha moral,

 nossa moral diferente,

 igual à moral vulgar,

 morais toscas,

 procurando outras morais,

 vão se moralizando,

 para ficar sem moral,

 livre da moral dos outros,

 permitindo à moral,

 à moral de qualquer um,

 ser simplesmente moral,

 para quem vê sem moral,

 o que pode ser imoral,

 sem que tua moral,

 faça da minha moral,

 uma moral criminal!

 
 

 

 

 
Não há comentário.

Deixe uma resposta